Ilustrado e didático, um livro essencial para todos que procuram um ponto de partida para se aprofundar na história do Brasil.
Diz o poeta alemão Bertold Brecht: “De nada vale partir das coisas boas de sempre, mas sim das coisas novas e ruins. ” Seguindo tais conselhos, A História do Brasil para Quem Tem Pressa faz uma digressão sobre a história do país para tentar compreender o tempo presente e responder a algumas perguntas essenciais:
• Por que, do ponto de vista político, o Brasil ainda é um país muito frágil?
• Por que a nossa imensa riqueza natural não se reverte em um estado de bem-estar social universal? 
• O que estava por trás da viagem que trouxe Cabral ao Brasil? 
• Por que o território foi dividido em Capitanias Hereditárias?
• Por que fomos a última nação do mundo ocidental a abolir de forma oficial o trabalho escravo? 
Além de responder a essas perguntas, Marcos Costa trata também de outros temas essenciais da nossa história: os verdadeiros milagres brasileiros -- a cana-de-açúcar, o café e o ouro; a abdicação de D. Pedro I; a Guerra do Paraguai; o papel de D. Pedro II e da Princesa Isabel no cenário da futura República; a República do Café com Leite; a Inconfidência Mineira; a Revolução de 1930; o Estado Novo; a morte de Getúlio; a ascensão de JK; Jango e o golpe militar de 1964; o milagre econômico; o movimento das Diretas Já; FHC e o Plano Real; Lula e o PT no poder.







Não sei se esse post vai antes ou depois da resenha. Se caso por depois, espero que tenham gostado  da resenha. A garota que tinha medo, é um livro e real, vale a pena ser lido.

Bom, mas hoje venho trazer os quotes do livro, achei melhor fazer separado, porque senão a a resenha iria ficar gigante. Vamos aos quotes:

“O fato é que não nos contentamos em quebrar a cara uma única vez, e procuramos novas oportunidades de cometer os mesmos erros. Somos repetitivos em nossas ações, ainda que cada ação pareça nova devido às variantes. Em essência, nossos atos se resumem a meia dúzia.”

“- O livro é um pão que podemos comer à vontade – explicava eu -, sem que ele jamais perca sua essência.”

“O amor é uma trilha para diante. É um caminho do qual não podemos voltar senão após um longo tempo, depois que já o percorremos todo. Na longa estrada do amor, que pode ser alegre ou triste, ninguém retorna do meio do caminho. Ninguém dá meia-volta. Sempre vamos até o fim, por vontade própria ou à revelia.”

“Quem supera seus medos é mais corajoso que aquele que nunca os teve ou jamais os enfrentou.”

“As pessoas que nos parecem perfeitas são aquelas que não conhecemos bem. Porque nem mesmo um herói fica isento de críticas se lhe conhecemos a biografia completa.”


“A felicidade que a maioria de nós espera é idealizada; e uma felicidade idealizada só existe no mundo das ideias, onde não vivemos.”


Olá leitores!

Estamos de volta, depois desse longo período sem postagens e pós bienal.


O blog já passou por períodos assim tempo atrás, espero que essa seja a última, fica sem postar aqui me faz um mal sem igual, no início era somente uma possível válvula de escape do dia a dia, ao longo do tempo fui percebendo o quanto ele é importante para mim, graça a vocês leitores, que fazem parte dessa história.

Bom hoje é só o aviso que voltamos, em breve teremos mais postagens, resenhas, eventos ( terá post sobre bienal/16) e claro muitas novidades!